Publicado em 14/05/2021 às 15:13

Especialista alerta para os cuidados com o diabetes em tempos de pandemia

Desde o início da pandemia, a covid-19 interfere na rotina e nos hábitos da população mundial. Com a prática de atividades físicas e refeições alteradas, os diabéticos devem estar mais atentos com a variação na glicemia, indicador importante no controle da doença. “É necessário seguir o plano alimentar e monitorar o índice glicêmico mesmo estando em casa. Beber água e conseguir praticar exercícios físicos, ainda que em um pequeno espaço, ajudam no controle metabólico”, orienta o endocrinologista cooperado da Unimed João Pessoa, Alysson Costa da Nóbrega.
 
O especialista explica que durante o período de isolamento, o acompanhamento médico é fundamental, principalmente para quem faz o uso de insulina. “As consultas são importantes para investigação de lesão de órgãos-alvo e para ajustar a dose da medicação de acordo com os níveis de glicemia, o que vai evitar a progressão da enfermidade e suas complicações”, explica Alysson.
 
Diabetes e isolamento social — Em 2020, um estudo publicado pelo “Diabetes Research and Clinical Practice”, da Elsevier, divulgado pelo jornal O Globo, aponta que 59,5% dos entrevistados reduziram as práticas de exercícios físicos e outros 30% aumentaram a ingestão de alimentos. Além disso, 38% adiaram exames ou consultas e 40% não haviam marcado novas idas ao médico desde o início da pandemia.
 
O psicanalista clínico Germano Barbosa Firmino, de 64 anos, faz parte dessa estatística. Ele conta que mudou os hábitos nos últimos meses, principalmente a prática de atividade física. “Me isolei e praticamente não saio de casa. Adaptei até a forma de trabalhar e estou em home office”, diz.
 
Germano conta que descobriu a diabetes em 2000 e que faz o controle com o uso de medicamentos. “No início do isolamento, registrei uma alteração no índice glicêmico. Depois consegui manter os níveis recomendáveis para pessoas diabéticas e, desde então, tenho controlado com regramento na alimentação e a medicação”, conta.
 
De acordo com a Organização Mundial da Saúde, diabéticos estão no grupo de risco de contrair a forma grave da covid-19, por isso, o acompanhamento periódico para avaliar a evolução da doença e manter a saúde é indispensável.
 
Sobre a Unimed JP - Com 49 anos de tradição, a Unimed João Pessoa é uma cooperativa de trabalhos médicos que se consolidou como a melhor e maior operadora de planos de saúde da Paraíba. Além de mais de 1,8 mil médicos cooperados, possui a mais completa rede de assistência médico-hospitalar privada do Estado. São diversos hospitais credenciados, sendo dois próprios - um deles referência em alta complexidade -, além de clínicas, prontos-socorros e laboratórios à disposição de 150 mil clientes. Comprometida com o desenvolvimento sustentável, é signatária do Pacto Global da Organização das Nações Unidas (ONU). Tudo isso garante à Unimed JP a liderança absoluta no segmento de saúde suplementar no mercado paraibano. Acesse www.unimedjp.com.br.
 
 
Outras informações:
Instagram: @unimedjoaopessoa 
LinkedIn: /company/unimed-joao-pessoa
Facebook: /unimedjoaopessoa
Twitter: @unimed_jp